Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sobre a autora

Filipa, 18 anos, estudante de psicologia. Sou apaixonada por livros, escrita, leitura, literatura e coisas que tais. Sou indecisa, e por vezes contradigo-me. Sou extremamente sonhadora, mas ao mesmo tempo gosto de manter os pés no chão.

Blog em funcionamento desde 30/12/2008



Tu

Quinta-feira, 02.08.12

   Fiquei surpreendida por me teres enviado uma mensagem de parabéns. Não estava à espera que o fizesses. Para dizer a verdade, pensava que não te lembrarias. Mas lembraste-te, e de facto, depois de mais de um mês de silêncio, resolveste dar notícias. Admito que quando o meu telemóvel anunciou que recebi uma mensagem, e li o teu nome, o meu corpo estremeceu. Acontece sempre, sempre... e não o consigo evitar. Porquê? Não faz sentido! Agora raramente nos falamos, não é definitivamente como antigamente, que passávamos uma boa parte do nosso dia a conversar. E mesmo quando eu já não tinha nada a dizer, arrajava uma coisa aleatória, mesmo sem sentido nenhum, para tentar deixar a conversa continuar.

   Mandaste-me uma mensagem de parabéns até bem simpática, com a alegria que te personifica presente nela. Eu agradeci. Pensei que, como propriamente todas as outras pessoas que me mandaram os parabéns, a conversa ficasse por ali. Mas não, decidiste continuar. E quando recebi a tua segunda mensagem, voltei a estremecer. Respirei fundo e pensei: "Não sejas parva Filipa, porque raio estás a reagir assim?". Sorri timidamente para comigo mesma. Eu sei porque reagi assim. E conversámos durante algum tempo, sempre com tua a vivacidade e parvoíce a intervirem, como sempre foste. Não posso evitar nada que a ti diga respeito. É estúpido que isto aconteça. Não interessa. Um dia, vou conseguir tirar-te da minha cabeça definitivamente. No coração, no entanto, não posso mandar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

15 comentários

De May a 02.08.2012 às 12:20

é mesmo hábito. hoje estive meia hora para as pôr, quando as ponho, como são os primeiros dias, começa a arder e começo a chorar dos olhos. mas é uma questão de hábito xd
e é a melhor coisa que eles inventaram xd

De Soph a 02.08.2012 às 12:29

Infelizmente é. E pelos vistos tambem te estao a "dar problemas". Os rapazes são confusos, muito.

De nobody tavares a 02.08.2012 às 12:41

deve ter sido uma "bela" prenda :)
um dia vais ser forte o suficiente para conseguir arrancar tal pessoa da cabeça mas como dizes o coração é que manda muitas das vezes ..

De A a 02.08.2012 às 13:17

Espero bem que sim :)

De San a 02.08.2012 às 15:43

Reagimos sempre da mesma forma no que respeita a determinadas pessoas!
Para mim o Sol é um calmante!!! :D

De anna williams a 02.08.2012 às 15:53

Que lindo :)
Adoro o blog!

De Jessica Matthews a 02.08.2012 às 18:06

muito obrigada querida :)

De Soph a 02.08.2012 às 18:39

Falam bem a toa x) um dia ainda vao perceber que de vez em quando so fazerm é merdjinha

De InêsGonzalez a 02.08.2012 às 19:52

oh a sério o:?

quanto às mensagens , os rapazes são assim ss;

De lostdreams a 02.08.2012 às 20:16

:)

Comentar post


Pág. 1/2